Carregando

São Paulo

UMA CIDADE À ALTURA

DO SEU NEGÓCIO.

UM NOVO MARCO PARA SUA EMPRESA

NA ÁREA MAIS NOBRE E DISPUTADA DE SÃO PAULO,

A FARIA LIMA

LOCALIZAÇÃO
Com ocupação planejada e prédios sustentáveis de última geração, a Faria Lima confere prestígio para as empresas.
US GREEN BUILDING COUNCIL
O único
LEED PLATINUM
DA REGIÃO.
Otimização dos recursos naturais e humanização do ambiente de trabalho norteiam o Vera Cruz II.
GREEN QUARTER
Paisagem modificada pela perfeita união entre o público e o privado cria conceito urbanístico inédito em São Paulo.
PAISAGISMO
E ESPAÇO
DAS ÁGUAS
Projeto com plantas da Mata Atlântica deixa o ambiente com ar tropical e dá amplitude e imponência ao empreendimento.
MARQUISE
Entrada principal ganha elegância com grandiosa cobertura pensada para dar conforto.
FACHADA NOBRE
Material vivo e singular, o cobre destaca a originalidade do Vera Cruz II na Faria Lima
ao ser aplicado em perfeita harmonia com vidros insulados que aproveitam a luz natural e
funcionam como isolante térmico e acústico.
LOBBY
A sofisticação do Vera Cruz II é refletida logo na entrada, com um altíssimo pé-direito e
acabamento clássico em limestone. O projeto arquitetônico do lobby dá sensação de amplitude e
garante eficiente acesso e locomoção no edifício.
Tecnologia
e automação
O Vera Cruz II possui modernos sistemas prediais, com confiáveis controles de segurança, energia e hidráulica.
Diferenciais
O Vera Cruz II une conforto e alta tecnologia em perfeita integração ao meio ambiente. Primeiro edifício a ter a pré-certificação LEED Platinum na região, o projeto está em uma quadra estratégica com opções de chegada, saída e rotas alternativas.

CORTE ESQUEMÁTICO Ficha Técnica

(01) Paisagismo de vegetação preservada
        ambientalmente
(02) Praça externa
(03) Entrada principal com Palmeiras Imperiais
(04) Embarque e desembarque
(05) Sinalização de entrada
(06) Praça com iluminação LED
(07) Escultura d´água
(08) Entrada do estacionamento
(09) Paisagismo

Faça um tour virtual e conheça ainda mais o vera cruz II

CONTATO

Castwork

+55 11 3078-1750
Rua Elvira Ferraz, 68
Vila Olímpia - São Paulo/SP - CEP 04552-040
(Av. Brig. Faria Lima, altura do nº 4.285 - Acesso pedestres)

Respeito aos recursos humanos e naturais. De ponta a ponta, cada etapa do processo de desenvolvimento do Vera Cruz II teve como bússola a preocupação com as condições relacionadas à saúde humana e à preservação ambiental. Isso traz a primeira pré-certificação LEED for Core & Shell, nível Platinum, da região.

O representativo selo da US Green Building Council leva em consideração alta eficiência energética, qualidade do ambiente para se trabalhar, reuso de água, utilização de materiais sustentáveis, perenidade e paisagismo natural e humanizado.

As demandas contemporâneas de otimização dos recursos, por meio da captação e reutilização de água de chuva, central de armazenamento e separação de resíduos para reciclagem, além da geração e coutilização de energia renovável resultam na economia de cerca de 20% no consumo anual de energia e 50% de água potável.

Alinhado com as tendências de uma metrópole como São Paulo e com seu novo perfil de mobilidade, o Vera Cruz II conta com vagas de estacionamento reservadas a veículos elétricos e/ou híbridos e um amplo bicicletário com vestiário.

A ausência de muros no terreno e a adoção de uma grande praça com jardins, fontes e esculturas leva o edifício a incorporar o conceito urbanístico green quarter, inédito na cidade de São Paulo, onde o público e o privado se mesclam e suavizam a paisagem urbana, além de induzir a uma fluidez constante nos espaços.

Desenvolvido pela empresa norte-americana EDSA, em colaboração com Neusa Nakata Paisagismo, o projeto paisagístico do Vera Cruz II introduz a natureza na cena urbana por meio da inserção de uma vegetação de grande porte da Mata Atlântica. Na entrada, palmeiras imperiais em fileiras dão imponência ao edifício e as suas copas fornecem um sombreamento natural ao espaço.

Projeto paisagístico pioneiro. Voltada para a Faria Lima, a Praça das Águas é um ponto contemplativo em razão dos belos jatos d'água de sua fonte, que quando não estiver funcionando se transforma em um grande pátio. A solução dá amplitude para o empreendimento devido a sensação de continuidade.

Para abastecer o reservatório de irrigação desse espaço, a água é captada por meio de sistemas alternativos, como o de água da chuva ou o de tratamento de águas residuais.

Logo na entrada, o Vera Cruz II se diferencia pela marquise com uma cobertura porte-cochère de 600 m² pensada para dar conforto e facilitar o acesso por meio de carro.

A fachada reúne a nobreza do cobre com a eficácia climática dos vidros insulados, um resultado original que faz o empreendimento se destacar na Faria Lima. Utilizado em diversas construções históricas vistas pelo mundo, o cobre se transforma e se destaca ao ser aplicado na fachada do Vera Cruz II. No empreendimento, ele teve seu processo de envelhecimento acelerado para alcançar tonalidades de azul-esverdeado, que combinam perfeitamente com a fachada de vidros insulados, que têm a capacidade de trabalhar como isolante térmico e acústico, configurando o moderno conceito daylight ao aproveitar a luz natural e equilibrá-la com a iluminação interna.

A sofisticação está garantida na decoração do lobby, com pé-direito de 10 metros, um belo ambiente com acabamento em limestone criado pela renomada arquiteta Patricia Anastassiadis.

Já o sistema de acesso ao Vera Cruz II possui catracas de última geração com portas de vidro e passagem para deficientes físicos. E para agilizar a locomoção dentro do prédio, elevadores de alta velocidade (240m/ min) contam com gerenciamento de tráfego e sistema de antecipação de chamada.

Concebido para ser mais que outro Edifício Corporativo AAA em São Paulo, o Vera Cruz II carrega o desejo de ir além das expectativas do mercado imobiliário. Seu projeto valoriza o espaço com a adoção de lajes de 1.800 m² BOMA baseadas na ideia de open space. A aplicação de vidros insulados funciona como isolante térmico e acústico, configurando o moderno conceito daylight ao aproveitar a luz natural e equilibrá-la com a iluminação interna.

Sistemas sofisticados garantem o bem-estar do ocupante. Os serviços de segurança, gerenciados por renomadas empresas do mercado, são equipados com os melhores e mais modernos sistemas prediais de automação, detecção de incêndio, CFTV, alarmes de intrusão e controle de acesso. Tema atualíssimo, a segurança dos dados é garantida graças a uma eficiente blindagem de cabeamento.

Robusto, o sistema de ar condicionado com central de água gelada permite um elevado grau de controle de impurezas. A temperatura pode ser individualizada a cada 12 m² e, inclusive, desligada para maior conforto, controle e economia. E para agilizar a locomoção dentro do prédio, elevadores de alta velocidade (240m/ min) contam com gerenciamento de tráfego e sistema de antecipação de chamada.

Funcionais e flexíveis. As lajes do Vera Cruz II são retangulares, com 1.800 m² BOMA, sem pilares nas áreas de trabalho, o que possibilita a cada empresa configurar seu espaço de acordo com as suas necessidades e propósitos. O prédio ainda oferece flexibilidade para comunicação vertical em uma mesma companhia, caso haja necessidade de integração de dados entre os andares.

O layout convidativo e acolhedor dos escritórios foi desenvolvido pelo renomado escritório de arquitetura Athié Wohnrath levando em conta a separação de fluxo e a eficiência do espaço, com modelos distintos de mobiliários para que o ocupante ganhe a possibilidade de trabalhar de diferentes maneiras, seja de modo compartilhado ou concentrado.

Com ampla vista para o horizonte paulistano, os terraços em cada pavimento servem como um espaço para relaxar durante o expediente e para inspirar novos negócios, pois quebram a tensão e facilitam a renovação das ideias.

Os sistemas eletrônicos de automação e segurança monitorados 24h por uma central altamente especializada permitem controlar o ar condicionado central, o volume de ar variável dos andares, a iluminação, os ventiladores e exaustores, o sistema de extração de fumaça, o monitoramento de energia, o controle de demanda e o status do gerador.

O sistema de detecção e alarme de incêndio instalado é um dos mais confiáveis e seguros do mercado, o Esser by Honeywell. A central de incêndios conta com um painel inteligente e de alta confiabilidade, além de detectores ópticos de fumaça e térmicos endereçáveis. Ainda há um sistema de extração de fumaça, mesmo não sendo uma exigência técnica para um edifício deste porte, e pressurização de escadas.

Com 95 câmeras IP de alta qualidade, o sistema de CFTV possui sistema digital de gravação. As principais imagens são monitoradas e gravadas localmente e remotamente, garantindo, assim, maior segurança. Já o sistema de acesso ao Vera Cruz II possui catracas de última geração com portas de vidro e passagem para deficientes.

Sobre os cuidados com energia e hidráulica, destacam-se o conjunto de 3 geradores a diesel com potência para assumir em 15 segundos toda a carga elétrica do edifício, a subestação com 3 transformadores e o sistema de monitoramento predial atrelados a no-breaks.

Completam a lista as colunas especiais para implantação de sanitários extras, a utilização de metais e louças com economizadores de água, o sistema de geração de energia por meio de células fotovoltaicas, a infraestrutura de suprimento de diesel com dois tanques de 15 mil litros cada, além de infraestrutura de caixa de coleta e distribuição de água de reuso e áreas para implantação de estação de tratamento de esgoto e estação de tratamento de água.

1. FACHADA
Vidros insulados (4+4+12+6 =26 mm) com transmissão de luz e isolamento térmico, placas de CCM com cobre pré-patinado e caixilhos de alumínio anodizado.

2. LOBBY DE ENTRADA
Pé-direito de 10 metros e acabamentos em Limestone Lineage. Serviços de recepção e manobrista.

3. PÉ-DIREITO ESCRITÓRIOS
Piso a piso: 4,35 metros. Piso a forro: 3 metros livres.

4. FORRO
Área de escritórios preparada para receber placas modulares (62,5 cm x 62,5 cm), termoacústicas e antichamas.

5. PISO ELEVADO
Área de escritórios preparada para receber placas metálicas modulares (60 cm x 60 cm) com altura livre de 15 cm.

6. SANITÁRIOS
Dois sanitários masculinos, dois sanitários femininos e um sanitário para portadores de necessidades especiais por andar. Prumadas extras para instalação de sanitários e copas adicionais.

7. SALAS TÉCNICAS E SHAFTS
Salas técnicas de elétrica, lógica e telefonia para equipamentos e passagem de cabeamento em todos os andares. Shafts dimensionados para suportar demandas elevadas de segurança.

8. ILUMINAÇÃO
Área de escritórios preparada para receber luminárias fluorescentes de embutir.

9. CARGA DE PISO
500 kgf/m².

10. SUBSOLOS
Quatro níveis de subsolo (estacionamento e áreas técnicas), com total de 484 vagas de fácil acesso.

11. HELIPONTO E SKY LOBBY
Previsão para heliponto, contemplando helicópteros de grande porte, com sky lobby equipado para reuniões e aguardo de aeronaves. A implantação do heliponto está condicionada à aprovação do projeto pelos órgãos públicos competentes.

12. DOCAS PARA CARGA, DESCARGA E EXPEDIÇÃO
Área de docas isolada, destinada exclusivamente para carga e descarga, correspondências, malotes, entre outros materiais. Facilidade para entrada e saída de materiais, com segurança para o edifício.

13. AUTOMAÇÃO E SUPERVISÃO PREDIAL
Central de controle dos sistemas de ar condicionado, energia e iluminação, elevadores, bombas, subestações elétricas, sistemas de prevenção e combate a incêndios, circuito fechado de TV, controle de acessos e elevadores.

14. AR CONDICIONADO CENTRAL
Sistema de ar condicionado central do tipo expansão indireta (fan-coils). Central de água gelada composta por chillers de mancal magnético de alta eficiência e baixo nível de ruído. Cada conjunto será atendido por uma unidade condicionadora de ar, sendo que cada pavimento pode ser dividido em dois conjuntos. Dutos de distribuição e caixas de Volume de Ar Variável (VAV) com atenuadores de ruído (interligados à central de automação e supervisão predial), a serem instalados no forro conforme demanda de layout. A temperatura poderá ser individualizada, definida a cada 12m², e inclusive desligada.

15. ELEVADORES
O edifício é equipado com 11 elevadores ThyssenKrupp, sendo seis sociais de alta velocidade (240m/min), com gerenciamento de tráfego, sistema de antecipação de chamadas e ligados ao grupo gerador de emergência. Um elevador de serviço/carga com capacidade para 34 pessoas ou 2.550 kg. Um elevador privativo ligando dois subsolos aos pavimentos e cobertura. Dois elevadores entre o subsolo e o térreo. Um elevador na cobertura. Todos os elevadores são dimensionados de acordo com a legislação municipal e normas técnicas do Corpo de Bombeiros, superando em muitos casos os cálculos de tráfego usuais.

16. TELECOMUNICAÇÕES
Gestor de telecomunicações, oferecendo cabeamento estruturado em shafts independentes para fibra óptica, Internet e distribuição de voz, dados e imagem em alta velocidade, com capacidade para atender três operadoras distintas.

17. ENERGIA
Entrada de energia em média tensão de 15 KV com distribuição interna em baixa tensão de 380/220 Volts e com disponibilidade de carga de 65 W/m², sendo 30 W/m² para tomadas ou piso, 15 W/m² para iluminação ou forro e 20 W/m² de reserva para as áreas privativas. 

18. GERADORES
O empreendimento será provido de 3 grupos de geradores com capacidade de 2.100 KWA, acionamento automático para assumir na falta de energia da concessionária toda a carga da edificação (áreas comuns e privativas) em 15 segundos. Estão previstos espaços adicionais para a instalação de geradores privativos, por parte dos ocupantes, e tanques de abastecimento com volume de 30 mil litros de diesel.

19. SEGURANÇA CONTRA INCÊNDIOS
Sistema de detecção de incêndio composto de hidrantes, extintores, sprinklers, sistemas sonoros e visuais de aviso, detectores de fumaça, escadas de segurança pressurizadas, portas corta-fogo para duas horas, dampers corta-fogo, sistema manual de alarme, sistema de comunicação, sensores de CO2 e extração de fumaça nos subsolos e nas áreas privativas. O sistema está projetado de acordo com as normas brasileiras e recomendações da NFPA (National Fire Protection Associations).

20. SEGURANÇA PESSOAL E PATRIMONIAL
Circuito fechado de TV, cartões magnéticos de acesso, catracas eletrônicas, cancelas e sensores de porta. Todo o sistema de segurança possui interface com a central de supervisão predial.